SINAIS E MARAVILHAS NA IGREJA

26/01/2011 00:04

 

 

At. 3.1-11

 

INTRODUÇÃO:

 

A igreja primitiva era portadora dos sinais e maravilhas porque estava moldada no ensinamento dos apóstolos e no ide de nosso Senhor Jesus.

 

Estamos no pós-modernismo, e com ele chegou o esfriamento  espiritual, e os milagres aos pouco foram afastando do meio do povo cristão. Precisamos voltar ao primeiro amor.

 

I. SINAIS E MARAVILHAS, A AÇÃO SOBRENATUAL DA IGREJA

 

Para muitos os sinais e maravilhas eram somente para a igreja primitiva, e que eles marcaram a era da igreja apostólica.

 

O coxo de nascença, esta a espera de uma esmola. Pedro e João estava entrando no templo para o sacrifício da tarde, as três horas para oferecer seu culto.

 

Os judeus observavam dois períodos durante o dia para a oração; um pela manhã e outro pela tarde. Em todos os dias do ano, o sacerdote sacrificava um cordeiro como oferta Deus. Enquanto a carcassa do animal estava sobre o altar, eles se retiravam para a câmara de pedras lavradas, para a oferta do incenso e a recitação das benção, dos dez mandamento e da Shema. O Shemá Israel, são as duas primeiras palavras da seção da Torá que constitui a profissão de fé central do monoteísmo judaico.

 

Pedro e João subiram as três horas da tarde conforme o costume dos Judeus para orar a Deus.

 

 

1. Definição:

 

A palavra hebraica para sinais é Oth – que quer dizer marca. Outra palavra é Tav – que quer dizer marca. Do Gr simion – marcas ou ícone

 

A palavra maravilha do hebraico é Tamah – que significa “maravilhar-se” “admirar-se”. Aquilo que causa espanto. Thaumásios – Algo que provoca admiração.

 

A cura do coxo causou espanto e admiração para os cultuantes daquela tarde, acostumado com o coxo esmolando todos os dias na porta formosa.

 

Podemos ainda definir maravilhas com a intervenção sobrenatural de Deus sobre as coisas naturais, ou seja, mudança do curso natural. Somente Deus tem esse poder haja vista sendo ele o criador de todas as coisas.

 

2. Objetivos do milagre.

 

Os milagres são sinais que acompanham o plano de salvação. São através dos milagres que o ser humano passa a crer no poder do evangelho.

 

Temos um belo exemplo do paralítico de Cafarnaum de Mc. 2.12, onde Jesus demonstrou os seu poder não só em perdoar os pecados, mas, com fazer milagre.

 

Jesus naquele dia não criou um espetáculo, mas fez a demonstração do poder para que seus ouvintes cressem nele, ao contrario dos supostos realizadores de milagres que chamam para si toda gloria que é devida somente a Deus.

 

II. MILAGRE NA PORTA FORMOSA

 

Estudamos na lição de domingo passado a questão da comunhão. A na presente lição vemos dois homens de Deus indo junto ao templo e realizam juntos um milagre sem que a gloria ficassem para alguém.

 

1. Oração e milagre

 

O fator importante para a realização do milagre, consiste em uma vida de oração. Pedro e João não estavam indo ao tempo para fazer outra coisa; era a hora da oração conforme o costume judaico.

 

Muitos homens da Bíblia fizeram sua história de fé e realização de milagres pautado na oração e no jejum. 

 

Está no tempo de voltarmos aos marcos antigos; a oração e Jejum se quisermos ver os milagres acontecer em nosso meio. Jesus e o mesmo, não mudou e permanece com as mãos estendidas para nos garantir a vitória em Seu nome.

 

2. Quando nem ouro e nem prata faz a diferença

 

Dois metais preciosos e de grande valor na época, e com certeza o coxo esperava de Pedro e João essa esmola, mas ao contrario; Pedro e João tinham mais que ouro e prata “tinha o milagre”.

 

Não temos ouro e nem prata, mas o que temos isso te damos, olhe para nós. Não era costume do esmolante olhar para as pessoas, certamente esse homem estava de cabeça baixa. Olhar para Pedro e João exigiu sacrifício e porque não dizer até um ato de humilhação, já sabendo que não ia receber nem ouro e nem prata.

 

Nisso entendemos que a riqueza humana nada pode fazer quando a questão e espiritual somente o poder transformador de Jesus é capaz de fazer um paralítico, um coxo e um cego voltar as suas vitalidades naturais.

 

3. O milagre na porta formosa

 

A porta formosa era tão maciça e pesada que precisava 20 homens para abri-la e fecha-la conforme diz Josefo em seu relato histórico. Em cima dela havia uma gravura da capital persa, Susã, isto é, cidade dos lírios. Era considerada um símbolo de beleza, quando partimos do termo hebraico Shushan “lírio”.

 

O milagre da por formosa é oposta com á vida do coxo mendigo. A suntuosidade e a beleza dela, em nada mudava a vida do pobre homem. Não adiante temos monstruosos templos, lindo edifícios para congregar o povo, se em suas portas jazem mendigos empobrecidos espiritualmente falando.

 

Precisamos de Pedro e João que voltem a oração tarde para mudar o cenário da porta formosa de nossos dias.

 

Abramos as partas do evangelho para aqueles que mendigam com fome e sede da palavra.

 

Muitos coxo e mendigos espirituais que jazem na atual porta necessitam olhar para cima, desviar seus interesses das coisas que os prendem a uma simples oferta de ouro e prata para a libertação, para que possam andar e propagar o evangelho de Cristo.

Subamos ao templo a ora da oração.

 

III. O MILAGRE ABRE A PORTA DA PALAVRA

 

O maior objetivo do milagre não é a curar física, mas sim a porta que se abre para o cura espiritual. 

Muitas igrejas tem como lema principal de sua mensagem a cura divina, cria em cima disso propagando para novos ajuntamento, mas a preciosidade do evangelho de Cristo fica para segundo plano, quando deveria ficar em primeiro.

 

Os Marketing de curas e milagres viraram objetos de negócios rentabilidades e lucros para placa de igrejas, quando ao contrario, deveria ter em primazia a pregação do evangelho.

 

Hó, como é bom, dos tempos primitivos lembrar .... 

 

CONCLUSÃO

 

Enquanto estudamos esta lição, tomemos consciência da grande missão da igreja na face da terra, “O ide de nosso Senhor Jesus Cristo”. Esses sinais seguiram aos que crerem.

Primeiro a necessidade de crer e depois realizar. Os milagres são sinais do que Deus poder fazer na vida do ser humano. Ele cura, batiza e salva.

Amem.

Contato

J A I M E B E R G A M I M

jaimebergamim@bol.com.br e jaimebergamim@gmail.com.br

Fone: XXX (41) 3537.3738
tuitter:
@bergamimjaime
http://minist-jaimebergamim.webnode.com.br
Site da Igreja:
http://igrejaaltodacruz3.webnode.com

Pesquisar no site


A terceira idade; por que devo me preocupar se sou apenas um jovem.

Veja as causas

pbjaimebergamim.webnode.com.br/news/a-terceira-idade-eu-vou-chegar-la/

ORE E DIVULGUE NOSSO SITE

Crie um site grátisWebnode