PREPRAÇÃO DE SUPERINTENDENTES E PROFESSORES DA ESCOLA DOMINICAL

29/08/2010 12:20

 

 

 

 

 

 

 

Apresentação

 

 

 

 

 

        

                   Ao Longo da minha caminhada eclesiástica, marcado pelo ministério  do ensino, tenho observado inúmeras prática não cabível para um departamento tão importante como é a Escola Dominical.

                   Com o crescimento do conhecimento humanos nas mais diversas áreas, cabe a nós ministros e mestres ou ensinadores e educadores cristão mantermo-nos atualizados, e sempre em busca incansável  de recursos didáticos e pedagógicos, para melhor servir o nosso público evangélico.

                   Pensando nisso e a convite do Ev. Lourival de Assis, para ministramos um ensino ao corpos docente da Escola dominical de sua  Igreja, realizado no dia 25 de Junho de 2006, tomamos a liberdade de escrever esse  assunto, que após aprovado pelo mesmo será entregue aqueles que o desejar.

                   Portanto, “eliminando eventuais problema na Escola Dominical”, é mais que uma necessidade, é dever nosso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agradecimento

 

 

 

 

                                               Agradecemos ao Ev. Lourival de Assis, abnegado servo do Senhor, amigo e companheiro incansável, mestre e conselheiro em muitas horas, pelo apoio que nós tem dado ao longo de aproximadamente três anos que estamos ministrando o “Ensinai” - Curso Ministerial Teológico, que já tem a sua primeira turma formada por nós no ano 2005.

                                               Ao irmão Lourival, os meus apreços de elevada estima e préstimo. Esperamos ainda, contarmos muito com seu apoio num tempo considerado trabalhoso, onde poucos procuram investir em colega de ministério, tal vez sua pessoa seja uma exceção.

 

 

“Os que não formam obreiros, nunca terão sucessores; Se não terão sucessores, seus nomes serão apagados da história, deles ninguém se lembrarão”.

 

Pb. Jaime Bergamim

Licenciado em Teologia Pela FaetadFaculd de Educ Teológica Das Assembléia de Deus – Campinas – Sp

 

 

 

 

Recomendação

 

 

 

 

 

 

 

                        Os assuntos aqui tratados, são mais experiências pessoas vivida, e também fruto de pesquisa feita com colegas de ministério, portanto qualquer critica deverá ser endereça ao autor pelo seguintes endereços:

 

Pb  Jaime Bergamim

Fones: xxx (41) 30377894– Cel xxx (41)91341818

 

E-mails:

Jaime@novagne.Com.br   ( comercial )

pbjaimebergamim@ibest.com.br

 

                   Sua critica nos ajudará em próximas matérias a serem escritas.

                   Participe, de sua sugestão, colabores.

 

 

 

                  

 

Pb. Jaime Bergamim

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

I – SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DOMINICAL

 

1 – Função do superintendente

-         Averigua a atuação dos professores na classe.

-         Averiguar o desempenho do professor.

-         Estimular o professor iniciante.

a.     Orientar o professor antigo, a não intimidar o professor iniciante.

b.     Orientar o professor antigo a se comportar frente ao professor iniciante.

c.      Preparar outros novos professores.

É lamentável que a maioria dos superintendentes de nossas Escolas Dominicais, não possui o mínimo de conhecimento nesta Área.

Um grande problema de nossos ministro é usar nepotismo, ou preferência para determinados cargos na igreja. Quanto vezes, pessoas bem preparadas ficam a mercê do ministério, quando poderiam ser usado o seu potencial. É preciso revermos essas situação em muitos casos.

Atuo  na área do ensino da escola dominical e cursos Teológico a muito tempo, e tenho acompanhado essas negligencias.

O superintendente da Escola Dominical, precisa ser uma pessoa bem preparada para desenvolver com habilidade a função a ele conferido. Porém existe igrejas de bom portes com membros de cultura secular até boa, que tem na frente da escola  superintendente desqualificado para tal cargo.

 

d.    Apresentar relatórios mensal e trimestral ao pastor.

O superintendente deve manter o pastor informado do andamento da Escola, apresentando os resultados positivos, ou mesmo negativo, para contar sempre com ajuda e orientação do pastor.

e.      Auxiliar o professor na suas necessidades pedagógica, se possível saná-las.

Você superintendente tem essa qualidade, o que você tem feito para melhorar o quadro de professor da sua igreja?

 

2 – Comportamento do superintendente

 

a. Verificar se os  professores não estão bombardeando a classe com temas de usos e costumes.

Isso sempre acontece com professor despreparado, e principalmente aquele que pouco sabe de costumes culturais a luz da Bíblia.

b.    Como se comporta o professor mais antigo em relação professor iniciante.

1.     Medo do iniciante estar sobressaindo.

Essa é uma questão muito séria. Não basta ser um bom teólogo se nunca teve oportunidade para ensinar.

Pela misericórdia de Deus já tenho alguns filhos no ministério. Um deles hoje é pastor no campo missionário na Argentina, dois outros são pastores no interior do Paraná, nem por isso me sinto diminuído. Deus chama servos para trabalhar como rei.

 

2.     Professor do sexo oposto – Discriminação ou machismo.

Existe alguém que não aceita irmã para ensinar a uma classe

de homens. Já trabalhei ao lado de uma irmã que é uma exime  professora, e sempre nos acertemos bem.

 

3.     Respeitar o professor mais jovem, se for o caso.

- Os mais velhos precisam aceitar a idéia do mais novos.

         Os mais novos estão cheios de idéias, tem um ministério inteiro pela frente. Todas as idéias são bem vindas, e as melhores serão escolhidas.

f.       Os mais novos precisam aceitar a experiência dos mais velhos.

As idéia surgem, mas as vezes falta a experiência para saber como por em prática. Isso acontece em todos os seguimentos  da vida.

 

3 – Compromisso do superintendente frente a Escola Dominical

 

c.      Manter-se  sempre atualizado:

a.     Participar de Seminários e simpósios – caso contrario, ele será cada dia , menos superintendente.

b.     A falta de atualização do superintende compromete o crescimento da Escola Dominical, e também do corpo docente da mesma.

c.      A falta de atualização do superintendente desmotiva o corpo docente da Escola Dominical.

d.     Ele deve ser o primeiro a buscar recursos para atualização do corpo docente da Escola , não apenas enviando, mas indo junto.

Quando eu morava no interior do Paraná, tínhamos dificuldades para buscar conhecimentos através de cursos, a internet não era moda. Nesse tempo aos meu vinte anos de idade já superintendia a Escola Dominical, mas quantas vezes busquei recurso em apostila e livros emprestado, pois não tínhamos condições de comprar.

Hoje temos as mais diversas fontes de recurso, e as vezes temos até uma mini biblioteca em casa,  no entanto temos mais superintendente despreparados. É lamentável e vergonhoso, mas é uma realidade, querem crescer a custa do nada. Tudo na vida tem um preço, e quase sempre é caro.

         Como dissemos, muitas vezes  é porque é amigo do dirigente ou pastor da igreja. Muito cuidado, essa amizade pode levá-lo ao fracasso mais tarde. Crie você mesmo base, não suba de elevador, conte os lances da escada e veras como é sublime as gotas de suor que ficaram pelo caminho da subida. Chegue ao topo , aviste a terra e entre nela.

        

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

II – PROFESSOR DA ESCOLA DOMINICAL

1 – Função do professor

d.    Ministrar com conhecimento e sabedoria:

a.     A Aula é um momento de transição organizada.

Não são poucos os professores que agem desorganizadamente frente a sua classe.

b.     O aluno não consegue absorve o ensinamento de forma desorganizada.

Só existe dois motivos para o aluno não participar da aula: O professor é desorganizados no transmitir o ensino, ou não sabe o que está ensinado.

c.      Conheça detalhes de cada ponto da lição a ser ensinado.

Fazer uma mexida inteira da lição e jogar para a classe, é a forma mais fácil de lecionar, mas não é o método pedagógico de ensino, e não são poucos os professores que fazem isso.

d.     Vá alem da lição.

Mas não muito, devido o tempo que dispomos para o ensino.

e.      Pesquise e descubra coisas novas para seus alunos.

A lição é um manual, e não apenas um texto para ser lido. Busque, descubra o que o escritor quis dizer. Veja os significados das palavras, até mesmo nos seus originais o que ela quer dizer. Nós temos três palavras enigmática que muitos professores  despreparados se arrebentam com elas, as quais são:  Amor, inferno e céu. O que essas palavra dizem no originais, muitas vezes não tem nada a ver com o texto que estamos ensinado.

 

 

 

 

f.       Organize o tempo.

Tem professor que só ensina um ponto da lição. Ele revela duas coisas: Falta de preparação da aula, ou não conhece os demais pontos.

g.     Nenhum Professor é obrigado saber tudo, mas pelo menos o conteúdo mais importante da lição.

Seja humilde, consulte colega de ministério. Já alimentei algumas pessoas com material de Escola Dominical. Recentemente fui abordado por um professor que ia ministrar para os professores no sábado. Porem, isso, exige humildade da parte do ministro para aprender. Já liguei muitas vezes para colega de ministério antes de me apresentar a frente de uma sala de aula, ou até mesmo do púlpito para pregar. Nunca julgue  saber tudo, quando está mandando o povo com fome para casa.  Vezes o telefone toca e você atender é um irmão que ficou com fome do assunto ensinado por um professor que não o satisfez.

 

e.      Expor o assunto ou tema proposto para aquela ocasião.

a.     O professor não deve desviar o assunto ou tema, substituindo por outro qualquer. Se é sexualidade fale sobre ele. Se é Casamento ou família da mesma forma.

b.     Quando o professor substitui o tema, deixa a impressão que não conhece o assunto a ser ensinado.

 

2 – Comportamento do professor:

f.      Público alvo

1.     A que grupo de pessoa vou falar.

         Cuidado, sua classe não é de adolescentes, então respeite-os como adultos. Para cada faixa  etária existe uma maneira de ensinar.

2.     Como tornar mais dinâmica  a minha aula.

     Não fique plantado em enfrente os alunos, movimente –se de  

     um lado para outro. Desperte o interesse de seus alunos. Seja

     espiritual quando o assunto for propicio.

3.     Como melhor aproveitar o tempo que disponho.

a. Nunca use ilustração além do necessário.

Ilustrações são como janelas em edifícios. Se for muitas  compromete a estrutura do mesmo. Assim, muitas ilustrações pode comprometer o objetivo da lição. Seja sábio, usa-as no momento certo.

c.      Evite muitas experiências pessoais, mas use sempre quando for necessário, pois elas podem transmitir confiança aos que ouvem.

d.     Experiências são boas, mas quando enquadra dentro do assunto.

Não use experiências conjugais, quando o assunto é batismo com Espírito Santo.

 

3 – Compromisso do professor  frente a Escola Dominical

- Estar sempre preparado

a. Preparação geral:

         O professor deve ser um estudante continuo – I Tm 4.13 – Paulo fala a Timóteo “Persiste em Ler”

 

b. Preparação específica

É a preparação da própria lição do domingo ou dia que vai ser ensinada a Escola Dominical. Se possível, faça um esboço ou resumo a parte para  ser seguido durante a aula.

c. Ler todo o conteúdo:

Repassar a lição resumindo o assunto de cada ponto a ser ensinado, conforme citado no item anterior.

 

     d. Preparação pessoal

-         O professor não deve comparece diante da classe simplesmente para    despejar conhecimento.

     -  Como servo de Deus, ele comparece para transmitir conselho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

III – O PROFESSOR ALUNO

 

1 – Dificuldade para aceitar que alguém sabe mais que eu.

         É muito comum sempre termos alguém iniciando o ministério do ensino em nossas igrejas. Como deve se comportar o professor experiente frente a um professor iniciante.