O PRIMEIRO CONCILIO DA IGREJA DE CRISTO

11/03/2011 11:33

Um breve relato do concilio de Jerusalém

 

O concilio de Jerusalém, talvez seja o único concilio autoritário por contar com a presença dos apóstolos, que ocorreu entre os anos 48 e 49 d.C.

 

A palavra concilio, deriva se das palavra latina concílio,  que significa assembléia ou ajuntamento, enquanto que o termo grego no Novo Testamento é synedrion, que quer dizer, <estar sentado com>.

 

A idéia de concilio seria; por em ordem todas as coisas. Isso pode se aplicar a pessoa de Deus que sempre está em concilio com a hoste angelicais. Em Jô 15.8 lemos “ O secreto conselho de Deus”; Em Sl 89.7 lemos “Assembléia dos santos”; em Amos 3.7 lemos “Deus não faz nada sem revelar aos seus santos profetas”. Entendemos então que Deus está sempre em concilio para realização de seus planos.

 

Isso me deixa intrigado quando alguns líderes de igrejas em nosso meio, que costumam tomar decisões sozinhos. Acham que são os únicos conhecedores da verdade, quando poderia compartilhar de suas idéias, ou quando trazem um assunto a plenário, já trazem com as decisões tomadas. Tais, precisam aprender com Deus e com os apóstolos.

 

Em o Novo Testamento houve pelo menos três concilio, a saber:

 

a.      A eleição de Matias em lugar de Judá Iscariote;

b.     A Instituição dos diáconos

c.     E a terceira para acertar as imposições judaicas sobre os gentios.

 

O terceiro concílio, talvez tenha sido o de mais importância Eclesiástica, levando em consideração que tem valor até os dias atuais.

 

O motivo do concilio de Jerusalém

A igreja cristã primitiva começou com um grupo religioso judaico que observavam essencialmente as leis e costumes judaicos, mas que já estavam sofrendo com influencia de gentios que se convertiam, pois essa era a missão da igreja cristã: “ganhar o mundo para Cristo”.

 

Estava ficando difícil para conciliar o costume gentio, mesmo com a fé requintada no evangelho da graça, com a cultura judaica que era cheia de conceitos.

 

Com esse novo movimento religiosos, muitos judeus não viam razão para deixar seus costumes religiosos, alguns dos quais julgavam de importantíssima reputação. Muitos deles continuavam a observar a circuncisão como necessária para a salvação, o que para os gentios convertidos não havia nenhuma importância. Em atos 15.5, lemos o extremismo dos fariseus que entrava em choque com os gentios novos convertidos.

 

A questão em debate

 

Houve um acirrado debate. O Paulo o defensor da igreja cristã gentílica teve vitória pelo menos em parte sobre o legalísmo judaico. Os gentios convertidos, não teriam necessidade ou ficar sujeito a legislação mosaica como condição para a salvação (Atos 15.19-20)

Mas, os problemas ainda continuaram a existir entre esses dois povos até os dias atuais, ou seja, a transição do judaísmo para o cristianismo não se deu forma tranqüila. A circuncisão ainda continua sendo objeto de salvação para os judeus.

 

Gostaria de ressalta que algumas leis ainda permanecem com muito valor para os judeus e são respeitadas, mas que não implica em obrigatoriedade para os gentios. O evangelho da graça não veio para causar divisão, mas sim, fazer de dois povos um único povo, e esse “A Igreja de Cristo”.

 

A conclusão do concilio

 

Após a conclusão, foram então redigidas cartas, e enviadas às igrejas gentílicas por meio de delegados de confiança, para que a decisão desse concilio fosse então implantado nas igrejas, principalmente de cristão gentílicos.

 

Conhecendo um pouco mais sobre o judaísmo.

 

Falamos tanto sobre judaísmo. Mas que são eles realmente? É lógico que são os judeus, sem a menor sobra de duvida. Mas como surgiram no cenário histórico de Israel e por fim no cristianismo?

 

O termo judaísmo, deriva-se de Judá. Quando ocorreu o cativeiro assírio em 722 a.C. o reino do norte Israel deixou de existe. Assim Judá ganhou eminência no cenário como nação conhecida como reino do Sul. No ano 586 a.C., ocorreu que Judá foi levado também para o cativeiro babilônico que durou cerca de 70 anos. Passado esse período, voltaram alguns remanescentes à Palestina constituído quase que na totalidade compostos só de descendentes da tribo de Judá.

 

Historicamente falando o judaísmo veio existência, quando deus firma o pacto com Abraão, ou pacto Abraâmico. Logo entendemos que o judaísmo foi uma religião revelada e não uma religião natural nascida de conceitos filosóficos como outras tantas que existe em nosso mundo atual. Desta forma posso afirma que ela deve ser digna de respeito tanto quanto o cristianismo revelado em Cristo e por Cristo com o evangelho da graça.

 

Ainda você pode está perguntando, onde ficou Israel? É muito simples: Tudo que se diz a respeito de Israel, nesse conceito intercambial passou a ser judaísmo.

 

A historia judaica, a forma de governo judaico (teocrático), a crença e costumes religiosos, fazem parte do que chamamos de judaísmo.

 

No que se refere a fé religiosa, o judaísmo é uma palavra que refere aquele sistema que se tornou a religião que deu origem ao cristianismo e que também forneceu muitos elementos ao islamismo, porque ambos, cristianismo e islamismo são monoteísta e procedem de um mesmo tronco quando levado em conta o pacto abraãmico. Jesus afirma que a salvação vem dos Judeus.

 

Conclusão final

 

Jesus veio para o que era seus, ou seja, para os judeus, como esses não receberam. O plano de salvação foi estendido a todos. Era para os judeus serem os portadores de boas novas ao mundo gentílico, uma vez que a promessa feita a Abraão incluía todas as famílias da terra. O nome Abraão por si só já revela isso: pai de multidão, ou pai de nações.

 

Deus tinha um plano de salvação que incluía os gentios, mas não devemos esquecer que os judeus são os donos da promessa, donos da benção e donos da herança. Os gentios entraram nesse projeto pela graça. Pelo evangelho da graça fomos alcançados por intermédio do sangue de Cristo derramado na cruz do calvário. Aleluia. Amem.

 

Tenham todos uma boa aula.

Pb. Jaime Bergamim

 

Contato

J A I M E B E R G A M I M

jaimebergamim@bol.com.br e jaimebergamim@gmail.com.br

Fone: XXX (41) 3537.3738
tuitter:
@bergamimjaime
http://minist-jaimebergamim.webnode.com.br
Site da Igreja:
http://igrejaaltodacruz3.webnode.com

Pesquisar no site


A terceira idade; por que devo me preocupar se sou apenas um jovem.

Veja as causas

pbjaimebergamim.webnode.com.br/news/a-terceira-idade-eu-vou-chegar-la/

ORE E DIVULGUE NOSSO SITE

Crie um site grátisWebnode