O MINISTÉRIO PROFETICO NO NOVO TESTAMENTO

03/09/2010 21:17

Texto: I Co. 2.9-13

 

INTRODUÇÃO

O Ministério profético em o Novo Testamento é a continuidade da mensagem profética do Antigo Testamento.

Devemos observar que no Novo Testamento não temos o oficio de profeta, mas sim o ministério de profecias.

 

O profeta era o homem que falava de Deus para o povo, conforme Deus determinava que falasse.

Deus antigamente falou através dos profetas aos pais e hoje Ele fala através do filho (Jesus).

 

I. JESUS CRISTO O PROFETA QUE HAVIA DE VIR

 

1. As principais características do autentico profeta

 

Como dissemos na introdução que o profeta falava de Deus ao povo, ou seja, ele era o porta voz de direto de Deus para o povo.

Todo homem de Deus deve ter o cuidado de não usar a Deus, mas Deixar Deus usá-lo.

 

Falar somente o que Deus ordena que fale. Por isso cada um deve ter cuidado para não ir alem da quilo que Deus transmitiu. Cuidados com a emoção; é muito importante quando estamos usando o púlpito para transmitir a mensagem de Cristo, pois o emocionalísmo poderá levar ao fanatismo.

 

2. Jesus Cristo, o profeta

 

Jesus o verdadeiro profeta, nunca falou em eu próprio nome, mas sempre em nome do pai, embora sendo ele Deus, não se usurpou ser igual a Deus.

Jo. 4.34 “... A minha comida consiste em fazer a vontade do pai”;

Jo. 5.30 “... Eu nada posso fazer de mim mesmo”

Se o próprio Jesus nos deixou esse LEGADO exemplo de seguir o Pai todo poderoso sendo Ele Deus, quanto mais nós que somos seus ministros. devemos sempre e unicamente falar através de Jesus Cristo o nosso Senhor.

 

Duas grandes profecias de Jesus que hoje é historia por que já se cumpriu, é tomada de Jerusalém que ocorreu no ano 70 d.C. pelo General Romano chamado Tito. A cidade de Jerusalém foi destruída e queimada; o templo foi removido até os seus alicerces, os judeus foram dispersos por todo as terras.

 

No sermão da Montanha o sermão ou do monte (Mt .24), Jesus faz grandes predições do fim dos tempos que quase iguala a ao livro de apocalipses.

Estamos vendo cumprir hoje muitas de suas profecias proferidas no sermão da montanha.

 

3. A perfeição de Jesus.

 

Jesus foi o cordeiro sem mancha, sem impureza e sem falsidade. Nisto consistia a sua mensagem, mensagens proféticas trazidas diretamente de Deus para o povo. As suas mensagens proféticas ou sua onisciência, faz-se conhecida entre o povo.

 

Quando Natanael vem ter com Jesus, ela já havia visto antes que Natanael se manifestasse (1.47-48). Conheceu o caráter de Natanael.

 

Alguns historiadores afirmam que quando Jesus disse que já havia visto Natanael debaixo da figueira, estava se referindo ao tempo da perseguição do Herodes quando a matança dos meninos de dois anos para baixo, no tempo que Jesus estava guardado no Egito. A mãe de Natanael havia escondido ele debaixo da figueira entre as raízes e coberto com folha, até que passasse a ira herodiana.

 

A onisciência de Jesus, fazia conhecer o mais intimo do coração do pecador. Nem a mulher samaritana disfarçada escapou de sua revelação pura e santa, quando disse: tiveste cinco marido e o que agora tem não é seu marido ( ( Jo 4.17).

 

Sendo Ele o próprio Deus, não necessitava de revelação, pois Ele era a revelação de Deus entre os homens, ou próprio Deus encarnado entre os homens. Jesus era tão perfeito, que depois de passado uma noite sendo examinado não acharam Nele nada que o pudesse acusá-lo.

 

II. ATIVIDADE PROFÉTICA EM O NOVO TESTAMENTO

 

1. A revelação pelo Espírito Santo

 

Tanto a revelação feita aos profetas do Antigo Testamento, como a revelação feitas aos apóstolos no Novo Testamento vinham da mesma fonte “O Espírito Santo”.  

 

No Antigo testamente, era usado a palavra “veio a Palavra do Senhor”,  enquanto que no Novo testamento, temos ação direta do Espírito Santo operando sobre a vida do profeta. A expressão veio no AT, parace denotar que o Espírito Santo não permanecia, enquanto que no NT, temos a permanência do Espírito Santo entre os santos. Jesus disse que não nos deixaria órfão, mas enviaria o consolador (Espírito Santo) para ficar conosco todos os dias até a consumação dos séculos.

 

2. O Espírito Santo conhece as profundezas de Deus.

 

O Espírito Santo é que dá conhecer os mistérios de Deus a Igreja, ninguém pode conhecer as coisas de Deus senão pelo Espírito Santo que é um junto ao pai. O homem carnal não conhece as  coisas de Deus, mas o espiritual sim, porque discerne tudo pelo Espírito Santo que penetra as profundidades de Deus (ICo. 2.10-11).

 

 Com isso Ele expressa a sua deidade (divindade) na Trindade divina, sendo a terceira pessoa.

O Espírito Santo esteve na criação, esteve na concepção virginal de Jesus, Ele esteve no Pentecostes e está e continuará com a igreja até a consumação dos séculos.

 

4. A superioridade da revelação apostólica.

 

Essa revelação superior, consiste no fato que os apóstolos tiveram o privilegio de estar com Cristo e ver o ponto mais elevado, por que os profetas do AT apenas profetizaram sobre Jesus, mas os apóstolos não só viram mas vivenciaram a revelação profética de Deus feita anteriormente..

 

Considerando o que eu já estudamos até aqui, a atividade profética era exercida pelos profetas mediante a revelação do Espírito Santo a esses santos homens de Deus. Enquanto no Antigo Testamente, os profetas recebiam a mensagem para ser transmitida com a expressão “veio a palavra do Senhor”.

 

III. O EXERCÍCIO PROFÉTICO DOS APOSTOLOS

 

1. A plenitude dos tempos

 

A plenitude dos tempos é interpretada de modo diferente por teólogos diferentes.

 

Alguns afirmam que a plenitude dos tempos, foi o tempo que Cristo chamou o povo gentio para completar junto Israel a igreja. Mas essa interpretação não é a mais correta, e nem era disso que Paulo estava falando.

 

 No entanto uma interpretação que fica mais clara, foi que Deus nesse tempo determinado por Ele mesmo, chamou os gentios  para compor a igreja de Cristo, e não para completar, pois a idéia de completa abre espaço para se pensar que o céu é limitado, contrariando o que Jesus disse: “Na casa de meu pai há muitas moradas”.

 

Desta maneira compreendemos que com o nascimento de Cristo deu-se o cumprimento maior (máximo) das profecias, ficando bem claro em Gl. 4.4; “vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu filho, nascido de mulher, nascido sob a lei.”

 

Entender o tempo dos profetas que durou até João.

Entende  o período de silencio profético de quatrocentos anos;

Entender a vinda de João Batista, o último profeta.

 

2. Profecias de Paulo

 

Depois de Jesus, creio eu, que o apostolo Paulo foi que mais escreveu profecias para esse tempo, ou seja, tempo da graça.

Paulo fala do surgimento dos falsos profetas, falsos mestres quando escreve para a igreja em Ato 20.29,30.

Fala também do arrebatamento do igreja  e ressurreição dos mortos em I Ts. 4.13:

 

Acerca dos que Dormem - (v13);

Acerca da ressurreição – (v14 e 14);

Acerca do arrebatamento da Igreja – (v16).

 

Paulo fala também da manifestação do anticristo e período da grande tribulação.

Paulo fala do galardão dos gentios.

 

3. Profecias de Pedro

 

Pedro também ocupou um espaço respeitoso dentro do campo profético do Novo Testamento.

 

A que mais nos tem chamado atenção está em 2 Pe. 3. 12 e13.

Esse texto é muito especial, pois está relacionado com fim cabal de todas as coisa e a implantação do novo céu e a novo terra, quando entraremos para a eternidade de Deus.

 

De acordo com a interpretação deste capitulo, a igreja já passou pelo milênio, os impio já passaram pelo  juízo final. Todos já foram julgados e cada um recebeu a sua recompensa. Estamos agora na eternidade de Deus, Aleluia.

 

Essa é a nossa maior esperança, a bem aventurada esperança. Oh que saudade do céu.

 

CONCLUSÃO

 

Fiquemos firme amados, sabendo que nossa fé não é vão  no Senhor, pois tudo que ele prometeu se cumprirá segundo a Sua vontade e segundo os seus propósitos. Todos devemos esperar nas fieis promessas de Deus. Amem.

Contato

J A I M E B E R G A M I M

jaimebergamim@bol.com.br e jaimebergamim@gmail.com.br

Fone: XXX (41) 3537.3738
tuitter:
@bergamimjaime
http://minist-jaimebergamim.webnode.com.br
Site da Igreja:
http://igrejaaltodacruz3.webnode.com

Pesquisar no site


A terceira idade; por que devo me preocupar se sou apenas um jovem.

Veja as causas

pbjaimebergamim.webnode.com.br/news/a-terceira-idade-eu-vou-chegar-la/

ORE E DIVULGUE NOSSO SITE

Crie um site grátisWebnode