AVIVAMENTO MARCADO PELA ORAÇÃO - O FOGO DESCE OUTRA VEZ

11/02/2011 13:23

 

AVIVAMENTO MARCADO PELA ORAÇÃO

O FOGO DESCE OUTRA VEZ

TEXTO: II CR 7.1; I RS. 18.38

INTRODUÇÃO

O Primeiro avivamento começa com Rei Davi, da tribo de Judá, que desejava construir uma casa para Jeová (YHWH), onde a Arca da Aliança ficasse definitivamente guardada, ao invés de permanecer na tenda provisória ou tabernáculo, existente desde os dias de Moisés. Segundo a Bíblia, este desejo foi-lhe negado por Deus em virtude de ter derramado muito sangue em guerras. No entanto, isso seria permitido ao seu filho Salomão, cujo nome significa "paz". Isto enfatizava a vontade divina de que a Casa de Deus fosse edificada em paz, por um homem pacífico. (2 Samuel 7:1-16; 1 Reis 5:3-5; 8:17; 1 Crónicas 17:1-14; 22:6-10).

Davi comprou a eira de Ornã ou Araúna, um jebuseu, que se localizava monte Moriah ou Moriá,

 

I. A GLORIA O TEMPLO DE SALOMÃO PASSOU.

1. A idolatria em Israel

- Se o meu povo  que se chama pelo meu nome.

a. Deus abençoa o seu povo, mas existe condições (IICr 7.14).

1.     Humilhar;

2.     Orar;

3.     Me buscar

4.     Converter de seus maus caminhos.

 

b. Então – Advérbio que indica momento ou ocasião

- Deus, tanto é imediato, ou demorando, porque a decisão de Deus está na atitude tomada pelo homem.

2. O Compromisso do povo não foi honrado

- O Templo passou ser adorado mais que o próprio Deus.

- O Avivamento não está no templo, mas nos adoradores.

“Os verdadeiros adoradores adorarão o pai em espírito e em verdade” (Jo. 4.23)

- Jesus nesse versículo estava se referindo ao Grande Templo que foi construído por Herodes, que seria destruído no ano 70 pelo General Tito.

A gloria de Povo Judeus estava para ruir mais uma vez, como aconteceu com arca – Icabode – Foi-se a Glória ( I Sm 4.21).

- Tudo que os judeus tem hoje é apenas os muros das Lamentações, onde os judeus ortodoxos têm como local de oração.

 

II. DEIXA O FOGO DESCER NOVAMENTE

 

1. A gloria do primeiro e  dos demais Templos Passou.

- Todo gloria que não seja para enaltecer a Deus não

  permanece.

- Deus não dividi a sua Gloria com Outro (Is. 48.11).

 

2. O Fogo desce no Pentecostes

- Não estavam no templo, mas em um cenáculo.

- Cenáculo, lugar de oração.

- Cenáculo, lugar de refeição.

- Cenáculo, lugar de comunhão.

 

2. O fogo voltou a cair sobre o provo de Deus.

- Linguas como de fogo repartidas entre eles.

 

 

III. TRÊS MOMENTO QUE O FOGO DESCEU.

1. O fogo com Elias no monte Carmelo.

Depois do fogo, ruído de uma abundante chuva.

 

2. O fogo com Salomão no Templo

- O fogo consome o holocausto, e cada se enche de fumaça.

- A fumaça representa a Glória de Deus entre o povo.

 

3. O fogo no Pentecostes

-         O movimento do Pentecostes está trazendo chuva.

-         O movimento do Pentecostes é um movimento de poder.

 

4. Três momentos da Igreja

a.      Momento da consolidação – No Calvário

b.     Momento da confirmação – No Pentecostes.

c.     Momento da expansão – do Pentecostes aos dias atuais.

- Deixa o fogo descer outra vez.

 

CONCLUSÃO:

Estamos nos momento finais da igreja na face da terra, não é hora de perdemos tempo, é momento de buscarmos o poder de  Deus para a expansão do seu reino na face da terra.

Enquanto houver fogo do poder de Deus na igreja ela vai avançar. Então deixe o fogo de  Deus descer sobre a igreja não impeça.

IADCSP 100211