A SOBERANIA E AUTORIDADE DE DEUS

04/06/2010 15:35

 

A SOBERANIA E AUTORIDADE DE DEUS

 

TEXTO ÁUREO -  Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?” (Rm 9.21).

 Questionar a moralidade das ações divinas é inadequado. As criaturas não têm o direito de objetar ao que seu Criador faz. Este ensinamento jamais deveria nos levar a pensar que uns são mais dignos que outros, mas sim, que o Criador controla toda a criação. Não há base para o ensino que afirma que podemos exigir de Deus, ou de alguma forma ‘pressioná-Lo’ a fazer algo. A criatura não tem o direito de exigir nada do seu Criador visto que sua existência depende dEle.

VERDADE PRÁTICA

Em sua inquestionável soberania, Deus trata as suas criaturas como bem lhe aprouver. Submetamo-nos, pois, à sua perfeita, infinita e sábia vontade.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

PALAVRA-CHAVE

Soberania de Deus

- Do lat. “superanus“, um adjetivo qualificativo derivado de “super“, que significa “sobre”. “Soberano” é, portanto, aquele que está “sobre” algo ou alguém; Nesta lição, autoridade inquestionável que Deus exerce sobre

I. INTRODUÇÃO

Enquanto Jeremias observava o trabalho do oleiro, Deus colocava em sua mente duas grandes verdades. Deus tem autoridade e poder para formar e moldar reinos e nações como lhe agradar. Pode dispor de nós como lhe agradar, e seria tão absurdo que nós questionássemos isto, como se o barro discutisse com o oleiro. O Altíssimo mostra ao profeta que Ele pode e faz, sempre, o que é melhor (ainda que não entendamos assim). Meu plano realizar-se-á, executarei todas as minhas vontades..” Isaías 46.10

I. A VISITA À CASA DO OLEIRO

 1.  A casa do oleiro.

Localização da casa do oleiro – Extremo sul de Jerusalém, próximo da Porta do Oleiro e do vale dos filhos de Hinon.

Conhecendo o vale de Hinon:

Este vale localizava-se a sudoeste de Jerusalém. Seu nome equivalente, em grego, é Gehenna ou ‘inferno’, era um depósito de lixo, fora de Jerusalém, onde o fogo queimava dia e noite,  e famoso por ser local de sacrifícios humanos pelo fogo, durante os reinados de Acaz e Manassés (2Cr 28.3; 33.6). Jeremias chamou-o o ‘vale da Matança’, um símbolo do terrível juízo de Deus (Jr 7.32)).

2.  Seus instrumentos de trabalho.

A roda e o Barro - Um instrumento simples de trabalho, mas que ia render uma grande lição para Jeremias.

O oleiro com as pernas ele movimentava a roda que fazia o barro ou argila ir tomando do vaso desejado.

A lição da roda nos ensina como Deus trabalha em nossas vidas. Muitas vezes parede que estamos na roda e mão do oleiro sendo moldado por Ele. A medida que Deus trabalha, a nossa vida vai tomando forma de um vaso para uso de mestre.

 3. A visita à casa do oleiro

Jeremias desce à casa do oleiro por ordem de Deus e ali aprende que tal como um oleiro pode remodelar um vaso mal formado, Deus remodelará seu povo disciplinando-o no exílio. Deus é soberano sobre o povo de Judá - a produção do oleiro depende da qualidade da argila; o que Deus faz do seu povo depende da reação deste. Jeremias representa o juízo divino pelo quebrar de um jarro feito de argila e é maltratado por causa de sua mensagem impopular: assim como a qualidade da argila limita as possibilidades de produção do oleiro, assim a qualidade do povo limita o que Deus fará com ele. Assim como o oleiro tem poder sobre a argila, de igual modo, Deus tem poder sobre nossa vida.

Judá naquele momento era representado pelo vaso que tinha se quebrado nas mãos do oleiro.  Na simbologia do vosso quebrado que foi refeito, Deus mostrava a Jeremias o que ele poderia fazer com a nova nação no futuro.

 

 II. A SOBERANIA DE DEUS

1. Definição

 A soberania divina é a garantia de que as promessas de Deus jamais falham e a análise desta prerrogativa do Senhor é importantíssima para o fortalecimento de nossa fé.

A soberania de Deus recebe forte ênfase na Escritura. Ele é apresentado como o Criador, e Sua vontade como a causa de todas as coisas. Em virtude de Sua obra criadora, o céu, a terra e tudo o que eles contêm Lhe pertencem.

Ele está revestido de autoridade absoluta sobre as hostes celestiais e sobre os moradores da terra.

O termo “Soberania” denota uma situação em que uma pessoa, com base em sua dignidade e autoridade  exerce poder supremo, sobre qualquer área em sua província. Um “soberano”, exercer, pleno autonomia e desconhece imunidades rivais.

Quando aplicado a Deus, indica total domínio sobre tudo. Como soberano que é, Deus exerce de modo absoluto a sua soberania.

No entanto, Deus respeita apenas o livre arbítrio do homem quanto a escolha, porem, dessa liberdade de escolha Deus pede conta.

Precisamos também entender que o livre arbítrio também está dentro da soberania de Deus, tendo em vista que o homem só vai até onde Deus permite. Não estamos partindo de conceitos do “Determinismo (predestinação)”

2. Soberania não é arbitrariedade

 Falar da soberania de Deus não é nada mais do que falar da sua Divindade” -. Deus exerce sua soberania em misericórdia abundante, não na rigorosa justiça.

Deus teve paciência com Judá,  pois requeria da nação arrependimento. Caso a soberania de Deus fosse arbitraria cairia por terra a santidade e justiça.

A santidade de Deus requer a separação do homem em face ao pecado, enquanto que a justiça de Deus justifica ou condena de acordo com a sua soberania.

Quando falamos em condenação, estamos falando da reação da santidade de Deus em face do pecado. “Deus ama o pecador, mas odeia o pecado”.

3. Eleição e predestinação

 Como entender ambas as doutrinas? Eleição é “o ato soberano de Deus, pela graça, através do qual ele escolheu em Cristo Jesus, para salvação, todos aqueles que previu que o aceitariam” (Thiessen citado por DUFFIELD). Predestinação é um termo mais abrangente, que envolve a eleição (para os crentes) e a reprovação (para os incrédulos).

4. O profeta Jeremias e a soberania de Deus

A descendência física de Abraão não coloca automaticamente as pessoas no Reino de Deus. Mesmo reivindicando essa descendência era fútil, pois os atos deles não evidenciavam essa descendência. O que os judeus jamais entenderam é que não é a árvore genealógica étnica ou familiar que garante aceitação perante Deus, mas sim honrá-Lo crendo e amando ao Senhor Jesus. Jeremias aprende que o oleiro, às vezes, descarta alguns potes por causa de sua má qualidade - e é o que alguns têm sido: barro ruim. Deus é soberano, no entanto, suas criaturas são livres para render-se, ou não, a Ele.

II. O CRENTE E A VONTADE DE DEUS

O objetivo da obra redentora de Cristo era criar um povo seu especial, purificado do pecado e zeloso de boas obras. O crente precisa submeter-se à vontade de Deus, a fim de que Ele opere em sua vida segundo o seu querer.

Essa eleição é uma expressão do amor de Deus, que recebe como seus todos que recebem seu Filho Jesus (Jo 1.12).

A eleição é Cristocêntrica, fomos eleito em Cristo, e isso se é possível a partir do momento que aceitamos a Cristo.

Quando estamos dentro do plano de Deus somos eleito para salvação, mesmo que o vaso seja frágil e quebre, Deus pode refazer esse vaso.

No éramos barro impróprio para vaso, por isso as vezes alguns vasos quebram nas mão do oleiro. Não resiste o poder da roda ou o amassar das mãos poderosa do oleiro. Ainda bem que são quebrados nas mão do oleirio.

Porque muitos vasos estão quebrados fora da olaria e das mão do oleiro. Eis o grande perigo.

Subsidio Teológico

Em 18.4 a palavra ‘quebrou’ é o mesmo termo hebraico usado para ‘cinto de linho‘ em 13.7, em que é traduzido por ‘apodrecido’. O barro era impróprio para o projeto do oleiro. Ele poderia fazer qualquer outra coisa daquela matéria prima, exceto o vaso inicialmente.

 

CONCLUSÃO

Existe “Duzentos” tipo de barros, mas apenas “oito” serve para ser vasos.

Porem, para Deus, o tipo de barro não importa. Deus deseja fazer do borro apodrecido ou impróprio, vasos para sua glória.

Que vasos somos nós? Eis a grande questão. Pense nisso é serio.

Boa aula a todos

Pb.Jaime Bergamim

Professor Da E.BD.

Templo Sede:

Campina Grande do Sul –Pr.

Região Metropolitana de Curitiba – Pr. Brasil

 

Contato

J A I M E B E R G A M I M

jaimebergamim@bol.com.br e jaimebergamim@gmail.com.br

Fone: XXX (41) 3537.3738
tuitter:
@bergamimjaime
http://minist-jaimebergamim.webnode.com.br
Site da Igreja:
http://igrejaaltodacruz3.webnode.com

Pesquisar no site


A terceira idade; por que devo me preocupar se sou apenas um jovem.

Veja as causas

pbjaimebergamim.webnode.com.br/news/a-terceira-idade-eu-vou-chegar-la/

ORE E DIVULGUE NOSSO SITE

Crie um site grátisWebnode