A ESPERANÇA NA LAMENTAÇÃO

24/06/2010 13:45

Introdução.

  Lm. 1: 1-5,12

 

Lamentações: a própria palavra já diz tudo; chora ou clamar em voz alta. Essa é melhor tradução para as lamentações de Jeremias.

Para que nossos alunos tenham uma visão mais clara do livro de lamentações, ainda que não seja o objetivo da lição desde domingo, vamos dar alguns esclarecimento sobre a importância desse livro:

 

Característico do livro: ele faz parte da terceira divisão canônica do Antigo Testamento hebraico que os judeus chamavam de <Escritos> ou  < rolos>

No hebraico esse Livro é chamado de <ekah> <como> a primeira palavra do livro no original hebraico, mas também era chamada de  < qinah>  que significa lamentações.

 

Os Cinco rolos (Megila) eram tidos como livros santos e reverenciados no judaísmo, sendo lido cada um deles em uma respectiva.

1. o livro de Ester era lido na manha da festa do Purim lembrando assim do

      grande livramento nos tempo de exílio em Susã, capital do reino medo-

      Perça do rei Assuero nos tempos Bíblicos, cerca de 485 Ac.,

2. o livro de Rute, como também era de costume na manhã de

    comemoração da festa de pentecostes

3. o de cantares ou cântico dos cânticos na Páscoa,   

4. o de Eclesiastes na festa do Tabernáculo.

 

 

O livro todo foi escrito cada letra com uma lagrima, e cada palavra com o pulsar de um coração partido.

 

O titulo do livro na septuaginta é “ Cântico fúnebre”  e na língua moderna européia, como em português, vem da vulgata latina com base no vocábulo latino Lamentum,  <choro> <clamor> e <lamentação>.  Na vulgata latina o titulo especifico é <lamentatione>.

 

Em fim, no livro de lamentações, jeremias mostra a sua  mais profunda dor e angustia pelo povo de Judá que estava no cativeiro, e acidade de Jerusalém, derribada, o templo destruído e as portas da cidade queimada a fogo.

 

 

 

I. O quem são as lamentações de Jeremias.

 

Já falamos na introdução sobre o livro de lamentações na Bíblia hebraica, vamos no ater nesse momento nos demais pontos:

 

Tema e data do livro: como já vimos na introdução, o livro de lamentações tem vários temas, no entanto, como sugere Donald Stamps, é “Tristeza presente e Esperança futura”. Lembrando que, essa é a idéia do teólogo acima, mas não devemos esquecer o que sugere os originais.

 

Se levarmos em conta o pouco tempo que Jeremias ficou em Jerusalém, após sua captura pelos Babilônicos, deve ter sido escrito um anos após os acontecimento do séculos V a.C ( em 585), já quase virando para o século VI a.C.

 

O propósito das lamentações – Havia uma promessa sobre o reino messiânico. No entanto, Jeremias via nesse momento a monarquia da casa  Davídica desmoronada. O povo levado cativo para babilônico,  e toda a cidade destruída.

 

Segundo alguns historiadores, foi ao pé do monte calvário que Jeremias chora pelo povo, e isso faz com que o povo passe a interceder pela nação.

 

A importância das lamentações – Ela rememora a destruição de Jerusalém, sendo lida no mês de abe.

Isso parece antagônico, relembrar a destruição da cidade, mas na realidade é para que o povo nunca mais esqueça a rebeldia e pecado dos seus pais e o castigo de Deus.

 

As lamentações no novo testamento – As lamentações de Jeremias têm um lexeo muito significativa como sofrimento de Jesus pelo seu povo:

Jesus chorou sobre Jerusalém, quando muitas vezes tento ajuntar o povo como a galinha ajunta seus filhotes debaixo de suas asas, e eles não quiseram, sendo por destruídos no 70 d.C.

 

Jesus lamentou sobre Jerusalém, Jeremias lamentou a solte do provo.

 

 

II. O homem que viu todas as dores de Jerusalém

 

Jeremias foi o homem que viu a aflição de seu povo, ao ponto que sentiu castigado por Deus

 

Vivemos em um mundo tomado pelo desespero. A angústia passou a ser companhia do ser humano. O pecado naturalizou de tal modo que as pessoas não encontram outro meio de satisfação. A plena satisfação, no entanto, de acordo com o ensinamento bíblico se encontra em Deus (Mt. 5). Ainda que a humanidade siga arredia dos caminhos do Senhor, não podemos encontrar guarida a não ser em Cristo. Somente Ele, conforme atestaram os discípulos, tem palavras de vida eterna (Jo. 6.68). Como os crentes de Tessalônica, há muitos que não mais têm esperança. Mas a mensagem do evangelho de Cristo nos aponta para um futuro glorioso, no qual a morte não é o fim. Cristo virá para arrebatar a Sua igreja e levá-la para estar com Ele (I Ts. 4.13-17; Jo. 14.1). Os crentes de Corinto não tiveram o conhecimento apropriado da verdade bíblica a respeito da ressurreição. O apóstolo destinou parte da sua I Epístola a fim de esclarecê-los sobre essa esperança cristã (I Co. 15). Cristo ressuscitou, Ele está vivo, e, porque Ele vive, podemos também ter esperança. Mesmo em meio às adversidades da vida presente, podemos ter a convicção, pela fé, de uma realidade que já começou e que haverá de se concretizar plenamente no futuro, a partir da qual viveram os heróis da fé (Hb. 11).

 

 

III. Por que é preciso lamentar

 

Como vimos na introdução que lamenta é chorar em voz alta. Será que nesses dias temos  nós lamentado pela causa do mestre?

Jesus chorou pelo seu povo, e diante de tantas calamidades que invade a obra de Deus nesse mundo, que temos feito para despertar o povo?

 

Lamentar a solte dessa nação é um dever meu e seu, que o nosso gemido chegue até o trono Deus, e quem sabe haja esperança.

 

Conclusão

 

Ao finalizar esse trimestre esperamos Deus tenha falada em muitos corações e de diversas maneiras.

Que o nosso choro, nossa lamentação reverta em esperança para o tempo do fim.

Amem.

 

 

??

Contato

J A I M E B E R G A M I M

jaimebergamim@bol.com.br e jaimebergamim@gmail.com.br

Fone: XXX (41) 3537.3738
tuitter:
@bergamimjaime
http://minist-jaimebergamim.webnode.com.br
Site da Igreja:
http://igrejaaltodacruz3.webnode.com

Pesquisar no site


A terceira idade; por que devo me preocupar se sou apenas um jovem.

Veja as causas

pbjaimebergamim.webnode.com.br/news/a-terceira-idade-eu-vou-chegar-la/

ORE E DIVULGUE NOSSO SITE

Crie um site gratuitoWebnode